Ultimas noticias

GRID 2 – PRIMEIRAS IMPRESSÕES (artigo antigo 14/07/2013)

img
Jul
14
  • Graficos
  • Jogabilidade
  • Diversidade

Grid 2 é um dos mais recentes jogos da Codemasters a chegar ao nosso mercado Gaming embora já tenha chegado à cerca de 2 meses nós fomos agora testa-lo.


 

Mal o jogo arranca somos logo colocados no meio de uma corrida, depressa percebemos que somos um corredor amador mas que tem tudo para se tornar numa estrela do asfalto.
Vemos o nosso numero de fãs a aumentar num possível “youtube” e na internet o que nos irá levar à ribalta e nos fará avançar para os novos eventos que vão surgindo.À medida que vamos correndo nos eventos disponíveis o nosso “manager” vou chamar assim, Patrick Callahan que quer criar um novo evento próprio e nos escolhe a nós para sermos imagem do mesmo,vai-nos guiando para novas etapas, tais como novas parcerias com marcas que nos farão desbloquear novos eventos e ganhar novos e mais fãs, até chegar-mos aquele que parece ser o evento mais importante da carreira no jogo, o WSR ( World Series Racing) o dito evento que Patrick Callahan está a criar.A ideia aqui é vencer os melhores clubes do mundo para que eles se inscrevam e participem do WSR conforme vamos angariando mais fãs tanto para nós como para o evento em si.
Pelas cerca de duas horas que pude jogar, o jogo parece ir seguindo sempre esta “mecânica” de eventos,havendo até alguma variedade. Aqui podemos encontrar desde corridas mano a mano onde farás partidas de apenas uma volta contra apenas um adversário por ronda, as típicas corridas de grupo e a dada altura temos uma corrida com time trial proposta por determinada marca onde correrás com um carro novo e o prémio será o esse mesmo carro para juntares a tua garagem.

Será o modo Rewind a pensar nos jogadores mais novos

ou nos “velhadas” que cresceram dentro do mundo Gaming?

A nível de jogabilidade é o que se pode esperar de um jogo do género, quem jogou o anterior poderá confirmar isso mesmo, embora realmente se sinta a diferença de veiculo para veiculo na condução tal como prometeram os produtores, dois carros podem estar iguais a nível de status, desde speed, aderência e tudo resto, mas na estrada não se vão comportar da mesma forma e isso notasse facilmente.
O modo de Rewind regressa novamente, embora eu como “velhadas” no Gaming que posso dizer que seja, sempre me mostrei um pouco contra esta implementação nos jogos de corridas, mas o que é certo é que pelo simples facto de lá existir esta possibilidade e principalmente quando estás numa corrida em que te envolves e sentes o ar a passar rente ás orelhas por cada ultrapassagem que te fazem, chegas a um ponto que carregas no botão de Rewind inconscientemente para puderes impedir tal ultrapassagem ou algum embate causado e isso dá para ver bem no video a baixo onde estive a jogar em direto na nossa emissão de primeiras impressões.
A questão que me coloco é, como é que chegamos a isto? Terá sido pelo facilitismo que decidiram começar a colocar nos jogos de hoje em dia mesmo para os mais novos, ou será para o jogadores mais velhos que de certa forma não têm paciência para estar a reiniciar novamente a partida.
O que é certo é que nós como jogadores nos acabamos por adaptar facilmente ás mudanças e vamos na “maré” e de certa forma os jogos fazem o mesmo.Certo é também que é opcional usar este tipo de ajudas, mas conseguiremos nós jogar um jogo destes completo e deixar de parte esse botão de Rewind mesmo quando estamos super concentrados numa corrida e nos estampamos porque o nosso irmão nos passou na frente do ecrã a dançar Gangnam Style…Não sei, acho que primeiro dava-mos uma afinação na dança do nosso irmão e de seguida lá carregávamos no botão.

Se são fãs deste tipo de jogos este é super recomendado, só uma nota final, se gostam de jogar dentro do cockpit neste jogo eles decidiram eliminar essa câmera .

Fiquem com o video da gravação em direto da nossa emissão de Primeiras Impressões do canal Gate 2 GamerZ
ATENÇÃO NÃO ESQUECER QUE ISTO É UMA OPINIÃO PESSOAL E QUE QUALQUER OUTRA OPINIÃO SERÁ SEMPRE ACEITE