Ultimas noticias

FIREFALL – PRIMEIRAS IMPRESSÕES (artigo antigo 17/07/2013)

img
Jul
17
  • Graficos
  • Jogabilidade
  • Historia

Firefall é um daqueles jogos que nos “deixa sem saber o que fazer”, pelo menos no meu caso foi assim que me fez sentir após a primeira hora e meia de jogo.


Quando digo que “nos deixa sem saber o que fazer” não digo que seja num mau sentido, mas sim pelo facto de o jogo te dar tanta coisa para processar ao mesmo tempo e tão pouco para te adaptares.O que realmente quero dizer é que é um jogo que facilmente poderás gostar mas que terás de ter tempo para te dedicar ao mesmo.
Mas vamos por partes:

Introdução ao Firefall 
Firefall é um MMO vindo da Red 5 Studios encontrasse neste momento em Open Beta e mistura elementos MMORPG e MMOFPS. O jogo corre sobre o motor gráfico Offset Engine altamente modificado pela própria Red 5 Studios  consoantes as necessidades que a equipa teve de o adaptar para o seu jogo.

Historia no Firefall 

A historia de Firefall toma lugar praticamente a 200 anos no futuro, onde estava previsto um asteróide passar muito próximo da terra, contudo ao invés disso ele entrou diretamente na gravidade da lua o que provocou com que o mesmo se fosse desfragmentando, logo fazendo cair o primeiros destroços na terra, mas eventualmente lá acabando por cair no nosso belo planeta.Com este acontecimento a humanidade despencou para uma nova era negra que ficou conhecida como Nine Year Winter (Inverno de Nove Anos). Não fosse isto uma historia sobre humanos, logo governos começaram a ser criados e novas nações se uniram.
Contudo durante esta nova era negra, o Japão acaba por descobrir um novo elemento chamado de Crystite, com estudo a serem desenvolvidos logo viram os conhecimentos sobre as leis da física com este novo elemento a surgir a mudarem.Depressa Crystite dá a possibilidade de criar de forma massiva grandes quantidades de energia quase com um potencial ilimitado.Em breve se torna numa fonte primaria de fornecimento de poder em todo mundo e uma nova era dourada surge.Contudo Crystite é um elemento de fonte desconhecida que veio no asteróide que caiu na terra, embora tenha potencial para se quase ilimitado, como sempre o Mundo quer mais…
A humanidade acaba por descobrir a trajectória do asteróide que vem de um sistema solar chamado Alpha Centauri, logo começam as buscas por mais Crystite e novas tecnologias surgem tais como a chamada arcfolding que consiste basicamente em criar um buraco entre o espaço-tempo e o que demoraria a uma nave a percorrer em 8 anos reduzindo assim para apenas 8 dias.
Como já é normal nem tudo são vantagens, uma gigantesca tempestade de energia chamada de The Melding começa a abrir umas brechas e entrar na Terrra, tornando habitável em muito poucos locais.
A The Melding começa assim a fazer das suas, começando a provocar mutações em todos os seres vivos e até nos terrenos do nosso planeta.Recentemente pouco antes a historia do jogo dar inicio a humanidade é atacada por uma raça que se dá pelo no de The Chosen que surgiram da The Melding.É aqui que entramos como jogadores, sendo um dos sortudos sobreviventes da raça humana começando a nossa luta contra os The Chosen e tentarmos livrar a Terra da The Melding. Nesta altura sabemos que a Archlight (nave do tamanho de uma cidade criada para viajar à procura de mais Crystite) caiu em Fortaleza no Brasil e é aqui que a nossa historia começa.

Jogabilidade e Experiência em Jogo

É aqui que tudo começa e onde as opiniões se podem dividir.
De inicio somos logo preparados para iniciar o típico tutorial, onde chagamos até um local que nos deixa até em sala fechada testar todas as classes (aqui chamadas de battleframes ) existentes até agora disponíveis Recon, Assault, Biotech, Engineer, e Dreadnaught assim como suas skills, tudo parece correr de forma normal e até algo organizada até aqui.Mas na minha opinião assim que saímos deste tutorial e somos jogados no mundo exterior existe uma sensação de falta “confusão” ao vermos tudo o que há de possibilidade para gerir com pouco informação que nos é dada, ou então é aqui que o jogador deve mesmo estar atento a todos os pormenores que lhe são ditos para que nada lhe falhe.Algo que nos dá bom feeling a utilizar são os propulsores que cada classe tem que nos permite pairar no ar e voar-mos pelo menos enquanto houver boost nos propulsores.
Mas a experiência que foi testada mais afundo nesta emissão como puderam ver no video a baixo, foi mesmo a vertente multiplayer cooperativa, não fosse isto um MMO não faria outro sentido.
Pois foi mesmo aí que se tornou uma dor de cabeça, quando chegamos ao ponto de querer convidar um amigo para se juntar a nós e somos confrontados com dificuldades, num jogo em que à partida foi criado com isso mesmo em mente não faz grande sentido.Mesmo depois de ultrapassado esse “obstáculo” o jogo parece ainda falhar na vertente de quests em grupo e a sensação de falta de informação e alguma confusão continua a permanecer.
Depois de mais alguns minutos a jogar e alguma área explorada lá nos vamos  habituando e a experiência parece tornar-se algo mais confortável.

Um Mundo Cell Shading será sempre um Mundo Bem Vindo?!?

A nível artístico Firefall trás com ele um Mundo visualmente “estrondoso” não querendo estar a usar uma palavra muito exagerada, mas esta, a meu ver parece-me ter sido uma escolha acertada da parte da Red 5 Studios, pois da-lhe um toque e um brilho especial que nos agrada sempre,quando bem trabalhado.
É aqui que a balança pesa mais na minha opinião, pois não fosse o art work desenvolvido por esta equipa talvez eu nem pensasse duas vezes se lá voltaria para jogar novamente, mas como se costuma dizer por vezes “comemos mais com os olhos do que com a barriga” e aqui isso ajuda imenso, pois cada montanha cada floresta que vemos mesmo ao longe dá uma sensação de liberdade de universo cheio de coisas para explorar, que temos mesmo vontade de avançar só para ver que tem mais além.

Veredicto Final

No geral Firefall é um bom jogo, talvez ainda um pouco exigente para os casual gamers ou gamers com menos tempo para jogar.no final todos saímos desta experiência com a mesma opinião, de que o nível de aprendizagem é elevada e pouco flexível mas que tem bastante potencial.
Um jogo que sinceramente irá agradar a muitos e bons dedicados gamers com tempo suficiente para de adaptarem a este jogo.

ATENÇÃO NÃO ESQUECER QUE ISTO É UMA OPINIÃO PESSOAL E QUE QUALQUER OUTRA OPINIÃO SERÁ SEMPRE ACEITE